IBM Sterling

Crie cadeias de suprimentos inteligentes e autocorretivas
As cadeias de suprimentos de primeira geração são eficientes para a automação e otimização de processos em silos funcionais, mas o próximo capítulo da transformação digital exigirá que as cadeias de suprimentos sejam dinâmicas, responsivas e interconectadas com ecossistemas e processos.